Solid Web

Carregando Solid Web

E-mail Marketing

E-mail marketing é uma estratégia do Marketing Digital baseada em disparos de e-mails para um público pré-determinado, oriundo de leads gerados através de outras estratégias de marketing e que tem por objetivo a divulgação e venda.

E-mail Marketing


Com certeza você sabe o que é e-mail.

Mas você sabe o que é e para o que serve o e-mail marketing?

Hoje trazemos para você informações sobre o e-mail marketing, sua história, o que é, para o que serve e os tipos de e-mail marketing.

Nos acompanhe neste post.


O que é e-mail marketing?


Email Marketing é uma estratégia do marketing digital para enviar mensagens com fins comerciais para um grupo de contatos obtidos através de um banco de dados ou gerados através de outras estratégias na internet.

O e-mail marketing é uma ferramenta bilateral que constrói um canal direto com o usuário já segmentado, ou seja, um usuário que já demonstrou interesse em sua marca.

Ele deve ser usado para fortalecer sua marca, efetuar vendas e estabelecer uma comunicação com os seus clientes e potenciais clientes.

O e-mail marketing é uma ferramenta que quando bem utilizada pode trazer excelentes resultados para sua empresa.

Também é possível segmentar ainda mais suas listas de e-mail considerando fatores como taxas de abertura dos emails, downloads de materiais enviados e respostas dos usuários, entre outros.

E-mail marketing: um pouco de sua história

Em maio de 1978, o gerente de marketing da Digital Equipment Corp, Gary Thuerk enviou 400 e-mails promovendo computadores da empresa, tendo como resultado 13 milhões de dólares em vendas.

Já os primeiros e-mails com envio em massa, com fins comerciais são de abril de 1994.

Foram enviados para membros de mais de 6 mil grupos de discussão da Usenet, com propaganda (não solicitada) para uso dos serviços jurídicos de Laurence Canter e Martha Siegel.

E-mails não solicitados são considerados spams.

A partir daí foram abertas as portas para uma nova forma de comunicação, claro que acompanhada dos indesejáveis spams.

Em consequência disso também foram criadas regras para proteção dos consumidores afetados por essa prática.

Em meados dos anos 2000, ficou muito claro que somente enviar e-mails sem identificar o destinatário e pensar no conteúdo não era suficiente para a obtenção de resultados significativos.

A partir daí ficou muito claro que um e-mail marketing seja efetivo é importante seguir boas práticas ou ele acabará na caixa de spam.


Lista de e-mails

Agora se você ainda não tem uma lista de e-mails precisará construir uma, ou seja obter os contatos das pessoas que passarão a receber seus conteúdos, afinal ela primordial para essa estratégia.

Você pode se utilizar de softwares para gerar suas listas, inserir formulários de inscrição no seu site e/ou blog, criar ofertas incríveis como conteúdo de qualidade, descontos e newsletters, entre outras. 

E-mail marketing não é spam.

Como vimos eles são fornecidos pelas pessoas nos sites através de formulários.

Não compre listas de e-mail.

Pois ao comprar listas de e-mails você estará correndo dois riscos.

O primeiro é de que poderá estar adquirindo uma lista que não existe e o segundo é de você poderá estar mandando mensagens para pessoas que não as querem receber.

As pessoas poderão qualificar esses e-mails como spam, passando a sequer abri-los.

É necessário trabalhar com estratégia fazendo com que as pessoas solicitem o e-mail marketing.


Tipos de e-mail

Existem diversos tipos de informações que você pode enviar para sua lista. 

Essas informações são segmentadas de acordo com a demonstração de interesse de seus leads.

São eles:

1. E-mails Informacionais

Este tipo de e-mail tem como objetivo passar uma informação relevante para os contatos. Seja uma notícia em primeira mão, seja a divulgação algum evento ou uma ação específica.

Normalmente esse é um tipo de e-mail mais curto e objetivo.


2. E-mails de Nutrição

Este tipo de e-mail tem como objetivo influenciar o leitor a tomar uma ação específica, direcionando-o para o seu site ou blog.

Ele é utilizado para aquele lead que está demorando muito tempo na jornada ou que se afastou do seu funil de vendas, direcionando-o novamente.

A nutrição de leads deve acelerar o processo e tornar a base mais preparada para o momento da compra.

Este tipo de mensagens devem ser objetivas, oferecendo conteúdos que o levará a prosseguir no funil de vendas levando o usuário da caixa de entrada para o seu domínio. 


3. E-Mails Educacionais

Este tipo de e-mail é tem por objetivo solucionar problemas e dúvidas.

Eles são muito úteis e devem ser a maior parte do conteúdo que você envia.

Utilize-o com posts de material relevante e exclusivo com o conteúdo que sua audiência está buscando.


4. E-mails Transacionais

Este é o tipo de e-mail que sugere uma transação ou oferta.

Ele é muito importante, mas precisa ser usado com bastante sabedoria para que seu recebedor não perceba exageros.

Como os e-mail transacionais são focados na conversão do usuário, isso deve definir o tom da mensagem com link direto e um bom call-to-action(é uma chamada para a ação).


5. Newsletter

Este é um tipo recorrente de mailing, onde o usuário, pessoa física ou jurídica, assina esperando receber mensagens periódicas, como em um jornal.

Você pode ofertar conteúdos, divulgar materiais, escrever mensagens, dicas e dialogar com a sua base.




Ao formatar seu e-mail seja objetivo, claro e evite textos longos e fotos pesadas.

Use uma linguagem e conteúdo que aproxime seu leitor para criar um relacionamento com ele.

Use mensagens cativantes e ofertas irresistíveis aumentando o reconhecimento de sua marca e a confiança do seu público.


Mantenha a sua base de e-mails sempre limpa, somente com usuários que realmente são considerados personas.


Se você gostou deste post, compartilhe em suas redes sociais.



Contato

Veja mais

WhatsApp